A Cozinha Tradicional Portuguesa

Apesar de o Mar Mediterrâneo não chegar a banhar as costas portuguesas, a gastronomia tradicional de Portugal baseia-se na chamada “dieta mediterrânica”, tendo na sua base o pão, o azeite e o vinho.

Mediterranean dietMuitos e diversos foram os povos que viveram no atual território português, tendo cada um deixado algum tipo, mais ou menos visível, de influência. Mas todos trouxeram consigo a alimentação praticada ao longo do Mar Mediterrâneo; ou então, antes de chegarem a terras lusitanas, passaram por zonas que a praticavam.

Atualmente, a tendência mantém-se e, mesmo com o aparecimento de restaurantes muito sofisticados e com a gastronomia na moda, encontram-se por todo o país restaurantes que oferecem pratos diferentes, confecionados com os ingredientes da cozinha típica.

O pão, o azeite e o vinho são a base comum de toda a dieta mediterrânica, mas em Portugal a cozinha tradicional assenta muito nos legumes e nas sopas com eles preparadas, nas frutas frescas, no peixe e bivalves, nas regiões do litoral, e na carne e enchidos por todo o território nacional.
Os Descobrimentos não trouxeram só ouro e marfim, mas também produtos que hoje figuram na cozinha tradicional portuguesa, como é o caso da pimenta, do açúcar, do feijão ou da batata.

É comum, ao ler artigos e opiniões de turistas que visitam Portugal, encontrar-se uma ou mais referências ao que por cá se comeu. Quando um turista pergunta ao rececionista do seu hotel que restaurante recomenda para jantar, acrescenta inevitavelmente que deseja ir a um com comida tradicional. E no final qualquer um regressa encantado com o que comeu.
Mas não é preciso ser-se turista para apreciar a comida tradicional portuguesa. Este pequeno país possui uma diversidade gastronómica ímpar e nunca
é demais comer um bom bacalhau à lagareiro, um cozido à portuguesa ou um arroz de lampreia para depois hesitar ao escolher a sobremesa, onde uma aletria com ovos, um delicioso arroz-doce ou umas trouxas das Caldas disputam a atenção.