Cruzeiros pelo Rio Douro

Terá tudo organizado, desde a partida à chegada, num cruzeiro pelo Douro. Será uma experiência fantástica e sem preocupações, visitando toda a zona. Poderá ver os vinhedos, ouvir fado, visitar as caves e quintas. Subindo um pouco mais o Douro, visitará a zona de Régua-Pinhão, o que vale o tempo e o pouco dinheiro extra. Poderá mesmo ir até Barca d’Alva, junto à fronteira com Espanha. Tem variadas opções, desde cruzeiros que decorrem durante 3 dias, a cruzeiros temáticos que poderão incluir a conhecida festa de São João (de 23 para 24 de Junho) e cujo início será possivelmente anterior ao século XIV.

Cada vez existe mais oferta e maior qualidade nos cruzeiros pelo Douro. Estão na “moda” já há algum tempo e vieram para ficar, visto que a região atrai cada vez mais turistas, o que não é difícil de entender! As infraestruturas foram extraordinariamente melhoradas para barcos com caraterísticas diferentes dos tradicionais barcos rabelos, tal como a navegabilidade do rio.

Ao redor encontrará cada vez mais qualidade, a projeção internacional é cada vez maior. Novos enólogos surgiram para renovar (mesmo vindos de outros países), arquitetoCruises on the Douro Rivers para modernizar quintas e caves: nomes como Siza Vieira (português) ou Andreas Burghardtb (austríaco). Alguns visitantes ainda hesitam em escolher o Douro, principalmente aqueles que não dispensam uma passagem pelo casino durante as suas férias, pois a região encontra-se um pouco afastada do casino de Espinho e também do de Chaves. Contudo, basta aceder ao Mummys Gold Casino através do telemóvel para jogar nas suas “slots” favoritas, enquanto degusta um vinho do Douro.

Claramente todo este desenvolvimento impulsionou o turismo rural, hotéis de alta qualidade, trouxe mais ampla abertura a todos os níveis, incluindo a abertura de pequenas unidades de turismo que apostaram no charme e estabelecimentos comerciais de todo o género. Mas a zona mantém-se extremamente discreta, pois aposta cada vez mais no turismo de alto nível.

Será uma experiência inolvidável ver as vinhas implantadas em socalcos de forma a contornar a geografia do terreno, a flora e fauna especialmente em zonas em que a natureza foi quase intocada pelo Homem, praias fluviais, zonas em que o Douro estreita mas atinge mais de 60 metros de profundidade. Se gosta de aves esteja atento pois poderá ver (ou fotografar) Águias, Abutres, Garças, Cegonhas e Falcões, entre outras espécies.

Só terá de escolher o que pretende e depois relaxar!