Évora histórica

Évora, cidade e capital do distrito com o mesmo nome, situa-se na região do Alentejo. Chamada de Cidade-Museu, o seu centro foi declarado Património Mundial pela UNESCO.

A sua história é muito antiga, sendo que a chegada dos romanos destaca-se. Após eles, o período de domínio muçulmano revigorou a cidade até à sua tomada em 1165, que levou a uma nova etapa de crescimento até aos dias de hoje.

Como pontos de interesse temos em especial o centro da cidade, classificado como Património Mundial em 1986, e:

  • The Roman Temple of ÉvoraO Templo Romano de Évora, conhecido de forma errada como Templo de Diana, foi criado por volta do século I para homenagear Augusto (Gaius Iulius Caesar Octavianus Augustus), sendo o que resta do fórum romano;
  • A Sé Catedral de Évora, catedral medieval construída em estilo gótico no século XIII;
  • A Igreja de São Francisco, cuja construção decorreu durante o reinado de D. João II e D. Manuel I;
  • A Capela dos Ossos, situada na Igreja de São Francisco, foi construída no século XVIII e é inteiramente forrada com ossos humanos. Se é uma pessoa impressionável considere se realmente quer visitar;
  • A Galeria das Damas foi o que sobreviveu do Palácio de D. Manuel, do século XVI;
  • O Convento dos Lóios, século XV, onde atualmente se encontra uma das Pousadas de Portugal:
  • Nos arredores existe o Convento da Cartuxa, de 1587, ainda habitado por monges.

Prove a gastronomia alentejana. Se já visitou outras partes de Portugal, certamente denotará uma diferença não só no paladar mas também na variedade que lhe será apresentada. O Alentejo tem alguns dos vinhos mais apreciados de Portugal. Depois de conhecer a cidade, visite as terras circundantes, onde poderá fazer provas de vinhos, incluindo queijos e enchidos da zona (entre outros petiscos), e conhecer mais da cultura e tradições do Alentejo.